Kinross

Mitos e Verdades

Mito: O arsênio provoca câncer na população.
Verdade: O arsênio não é uma substância proveniente das atividades da Kinross. A substância é encontrada no solo e nas rochas de Paracatu, em concentrações estáveis, e sua simples presença no solo e na atmosfera não caracteriza contaminação. A Kinross toma todos os cuidados em seus processos para preservar as pessoas e o meio ambiente.

Mito: A mineração de ouro utiliza mercúrio em suas atividades.
Verdade: A Kinross não utiliza mercúrio em seu processo produtivo. A empresa investe constantemente em novas tecnologias que buscam as melhores práticas em mineração e asseguram a realização da atividade de maneira consciente e responsável. A utilização do mercúrio era uma prática adotada nos garimpos artesanais do passado.

Mito: O cianeto utilizado no processo de extração de ouro causa mortes na população.
Verdade: A empresa adota as práticas mais rígidas e seguras na aquisição, estocagem, manuseio, uso e descarte do cianeto, estando de acordo com Código Internacional de Cianeto e com os padrões exigidos pelo exército brasileiro.

Mito: As detonações realizadas na área da mina prejudicam o sistema auditivo.
Verdade: As detonações realizadas pela Kinross não prejudicam o sistema auditivo e respeitam os índices estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) – que determina o limite de 134 decibéis – e têm como referência os valores da Organização de Saúde dos Estados Unidos, com limites de 120 a 140 decibéis por dia para as detonações. Segundo medições técnicas, o valor médio registrado pela Kinross atende ao padrão estabelecido pela ABNT e encontra-se bem abaixo do limite estipulado pela associação.

Em 2014 a Kinross lançou, no município de Paracatu, a campanha Mitos e Verdades. Confira os vídeos em nosso canal do Youtube.

Recentemente lançamos também um hotsite especial para que todas as pessoas tenham acesso a informações sobre o Arsênio em Paracatu. Todas as informações, mitos, verdades, estudos podem ser encontrados no hotsite.