Kinross

Célula de Gestão de Contratos

COMUNICADOS

HORÁRIO DE ATENDIMENTO
COMUNICADO INTEGRAÇÃO
NOVO FORMULÁRIO DE AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES
RECEBIMENTO FISCAL
INFORMAÇÃO AOS CONDUTORES DE VEÍCULOS E OPERADORES DE EQUIPAMENTOS
DIRETRIZ DE SSMA E RS – ACESSO DE VEÍCULOS
PADRÃO TRABALHO EM ALTURA




 HORÁRIO DE ATENDIMENTO CGC

Horário de atendimento: Segunda à Quinta 8h às 10h e 14h às 16h


COMUNICADO INTEGRAÇÃO

Informamos que o nosso fluxo de Integração mudou. A empresa responsável pela integração é a SILVEIRA Treinamentos cujos contatos seguem abaixo:

Eliene Rugolo – eliene@silveiraengenharia.com – Tel.: (38)99950-3502
Eneas Silveira – eneas@silveiraengenharia.com – Tel.: (35)3422-8744 / (35)99834-5032
O pagamento da integração deverá ser efetuado via depósito em conta diretamente à SILVEIRA Treinamentos.

Informamos ainda que, apesar da Integração ser feita fora das dependências da KINROSS, os procedimentos não mudaram. Assim sendo, para que o crachá do empregado seja disponibilizado pela KINROSS, devemos passar pelos passos abaixo descritos.

1º Reunião de Mobilização – no caso de novos Contratos;

2º Envio e retorno da Planilha Padrão de Cadastro;

3º Entrega dos documentos de Mobilização – os documentos serão analisados devendo estar adequados a fim de prosseguirmos com o processo de mobilização;

4º A Célula Gestão de Contratos (CGC) agenda a Integração com a empresa SILVEIRA Treinamentos e envia e-mail de confirmação para a contratada indicando o Programa a ser realizado, sendo:

  • Programa I – Treinamentos válidos por 01 (um) ano aplicados a contratos com vigência superior a 20 dias;
  • Programa II – Treinamentos válidos por 20 (vinte) dias aplicados a contratos com vigência inferior e/ou igual a 20 dias;

5º Documentação Trabalhista deve estar regular – no caso de empresas já mobilizadas na KINROSS;

6º Documentação de Saúde e Segurança deve estar vigente e adequada aos riscos da KINROSS – Grau de Risco 4.

A partir do recebimento dos certificados, a Célula Gestão de Contratos (CGC) terá até 01 (um) dia útil para a entrega dos crachás desde que a empresa siga todos os procedimentos relacionados acima.


NOVO FORMULÁRIO DE AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES

A Célula de Gestão de Contratos (CGC) informa que está disponível no SGI, no K12.3 – Avaliação de Desempenho, o novo formulário de Avaliação de Fornecedores PSSMA-FORM-KBM-086.

Este formulário substitui o Diagnóstico de Desempenho das Contratadas, tem periodicidade mensal e deve ser aplicado pelos gestores e fiscais de contratos para avaliar a prestação dos serviços e contribuir na correção de possíveis desvios identificados.

Vale dizer que mensalmente a CGC compartilhará a avaliação de cada contrato com a área de Suprimentos que utilizará tal informação no processo de qualificação de fornecedores.

Tanto a equipe da CGC quanto a equipe do SESMT estarão preparadas para sanar quaisquer dúvidas que surgirem com relação à utilização do formulário de Avaliação de Fornecedores e para apoiar os gestores e fiscais de contratos no processo de avaliação.


 RECEBIMENTO FISCAL

 Prezados,

 Visando agilizar o processo de registro das Notas Fiscais de Prestação de Serviços e garantir que essas sejam lançadas no JDE dentro do mês de sua emissão, alteraremos a forma de protocolo desses Documentos Fiscais junto à Célula de Recebimento.

Desde 02/05/2016, as Notas Fiscais de Prestação de Serviços, Recibos ou Faturas de Locação e Notas de Débito em formato digital que estejam vinculadas a um contrato ou pedido de compra deverão ser encaminhadas para registro, via e-mail, diretamente pelo fornecedor para a Célula de Recebimento, para o endereço suprinfe@kinross.com. Os documentos que não são emitidos em formato digital devem ser encaminhados via correio ou entregues diretamente à Célula de Recebimento.

É importante ressaltar que tal procedimento está baseado nas cláusulas contratuais já exigidas pela Kinross.

Reiteramos que o fornecedor somente está habilitado a emitir o documento fiscal após o recebimento da medição do contrato ou pedido de compra devidamente aprovado no JDE. Cabe à área requisitante monitorar junto ao fornecedor o prazo para a emissão dos documentos fiscais, respeitando o cronograma de fechamento mensalmente divulgado pela Controladoria. O descumprimento dessas regras acarretará a recusa do documento.

Pedimos que desdobre essa informação aos demais envolvidos de sua equipe e ficamos à disposição para demais esclarecimentos.


INFORMAÇÃO AOS CONDUTORES DE VEÍCULOS E OPERADORES DE EQUIPAMENTOS

 Caro contratado, é extremamente importante que você conheça o conteúdo deste comunicado, repasse verbalmente aos seus subordinados e colete as assinaturas de todos de sua equipe em lista de presença.

Devido aos contínuos incidentes envolvendo veículos e equipamentos móveis na KINROSS Brasil Mineração (KBM), bem como os inúmeros avisos e treinamentos dados para alertar os motoristas, adotamos desde 11 de julho de 2016, um processo disciplinar para garantir a segurança e que os condutores (motoristas e operadores) estejam conscientes da sua responsabilidade em relação à direção de veículos e equipamentos.

Qualquer condutor/operador envolvido em acidente de veículo/equipamento no site da KBM ou fora dele, estando à serviço da empresa, terá sua autorização para dirigir/operar imediatamente suspensa até a finalização da investigação. Se concluída a responsabilidade do condutor/operador, a contratada será notificada por escrito por seu gestor da KBM, a fim de que seja adotada ação disciplinar junto ao condutor/operador, assegurando de que não aconteça pela segunda vez.

Se a causa do evento for considerada falta grave em relação ao descumprimento de nossos procedimentos relacionados à veículos e equipamentos, resultará em interdição do contratado em trabalhar na KBM, com notificação formal à empresa contratada.  Como exemplo de falta grave podemos citar: exceder a velocidade permitida, usar o celular enquanto dirige, conduzir veículo em condição perigosa conhecida (pneus lisos, problemas de freios ou direção, entre outros), não manter distância de seguimento segura e normatizada ou qualquer outra negligência, imprudência ou imperícia que coloque pessoas em risco iminente de acidente. Em específico, para manobras de marcha-à-ré, o contratado deve estar atento, pois caso cause danos aos veículos/equipamentos ou lesões às pessoas, a contratada será notificada por escrito por seu gestor da KBM solicitando que seja aplicada advertência formal ou suspensão ao condutor/operador envolvido. Também, dependendo da gravidade do evento poderá resultar em interdição do contratado dentro da KBM.


DIRETRIZ DE SSMA E RS – ACESSO DE VEÍCULOS

Prezados,

A Kinross Brasil Mineração S/A, através da Célula de Gestão de Contratos,  vem informar que a partir do dia 02/05/2017, impreterivelmente, não serão aceitas mobilizações (ou renovações de permissão de acesso) de veículos com idade que não atenda a Diretriz de SSMA e RS (PSSMA-DOC-KBM-007).

 

Conforme tabela a seguir:

CONTRATADAS
Categorias Tempo máximo de uso – anos
Veículos Executivos (viagem) 5
Veículos leves:  Gestores 5
Veículos leves Operacionais 5
Caminhões (munck, pipas, comboio, basculantes, simIlares) 20
Ônibus, microônibus e vans 10

 

Essa diretriz está vigente desde o início de 2016 e foi comunicada a todos no momento de sua publicação no SGI. Ela também é parte integrante de todos os contratos firmados com a Kinross Brasil Mineração.

Durante o ano de 2016 atuamos junto as contratadas para que elas adequassem sua frota de veículos.

Hoje estamos com pouquíssimas exceções que devem providenciar a substituição dos veículos o mais breve possível.

 

Em caso de dúvidas, procure o gestor do seu contrato ou o analista na CGC.


PADRÃO TRABALHO EM ALTURA

Prezados Contratados e Fornecedores,

A Kinross Brasil Mineração S/A através do seu Departamento Segurança do Trabalho, vem através deste, reforçar o compromisso para o atendimento a nossa norma do Sistema de Gestão Integrado K 5.07 PROC-PRO-045 – Trabalho em Altura, que a partir do dia 01/05/2017 entrará em vigor no nosso site.

A partir desta data, todos os equipamentos de proteção contra queda, deverão estar de acordo com a lista definida PROC-PRO-045-AN02 – Lista dos Equipamentos Trabalho em Altura, para toda atividade definida como tal.

Os equipamentos especificados na lista são de responsabilidade, de cada empresa juntamente com seu respectivo departamento Kinross e deverão ser mantidos em perfeito estado de conservação, atendendo os critérios para uso, conservação e ficando ciente de que:

Se o equipamento for extraviado, inutilizado por emprego inadequado, mau uso, negligência ou, a empresa deverá realizar o comunicado “Informe Agora” K 8.1, relatando o ocorrido e remeter ao Departamento Responsável Kinross e realizar a reposição do mesmo.

Contamos com a colaboração de todos ao atendimento a essa norma!